Segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Assembleia 7 de novembro

  • Sindserv realiza reuniões setoriais e convoca servidores para Assembleia Extraordinária do dia 7 DE NOVEMBRO

    Com o objetivo de ampliar a união e mobilização dos servidores públicos da Prefeitura de São Sebastião, o Sindserv está realizando reuniões setoriais para intensificar a luta da Campanha Salarial 2018. Os primeiros encontros ocorreram com os trabalhadores das Regionais e o Sindicato ressaltou a importância da efetiva participação da categoria na ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA, QUE SERÁ REALIZADA NO DIA 7 DE NOVEMBRO, com segunda chamada ÀS 18H30, na sede central da entidade, para defender o REAJUSTE ANUAL DOS SALÁRIOS e demais direitos da Pauta de Reivindicações.
    O Sindserv destaca também que a cada dia intensifica a divulgação da atual situação da categoria com o objetivo de chamar a atenção da população e dos governantes para os prejuízos que a falta de reposição inflacionária traz para mais de 3 mil famílias e para o comércio local.
    Vale lembrar que desde abril os servidores de São Sebastião estão em Estado de Greve, uma vez que a administração municipal não apresentou nenhuma contraproposta e nem efetuou o reajuste salarial da categoria, que deveria ocorrer em maio, de acordo com a Lei Municipal 146/2011.
    De acordo com a diretoria do Sindserv, a pauta de reivindicações da categoria foi protocolada em março, onde os servidores cobram a reposição salarial, o reajuste dos vales alimentação e refeição e melhores condições de trabalho. Desde o início da Campanha, foram realizadas assembleias, três atos públicos (sendo que em 15 de maio, os trabalhadores ainda ocuparam a Câmara Municipal munidos de faixas para reivindicar o apoio dos vereadores) e a paralisação do dia 12 de junho em defesa dos direitos dos servidores, com concentração em frente ao Paço Municipal e protesto pelas principais ruas do Centro.
    “Nós, servidores, exigimos que o prefeito cumpra as promessas de campanha e o que foi firmado com a categoria no ano passado, quando ele se comprometeu que além do reajuste inflacionário, ainda teríamos 5% em cada ano de mandato, referente às perdas salariais. Deve existir um planejamento para garantir que o reajuste inflacionário seja feito todos os anos. Data-base é maio e está garantida no artigo 108 da Lei 146/2011”, destaca a presidente. REAJUSTE JÁ!