Quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Emoções e o corpo

Muitas vezes não entendemos as emoções, que parecem serem tão misteriosas, mas que exercem grandes efeitos - muitas vezes negativos - sobre nossas vidas, principalmente no aspecto físico, podendo minar o sistema imunológico e levando a doenças variadas.


Independente de a emoção ser desconfortável para nós, o fato é que ela precisa ser reconhecida. Devemos nos familiarizar com ela pelos seguintes motivos: motivacional, a emoção que nos impele a agir em função dos sinais e pressões que ela exerce; e fisiológicos, a emoção age sobre o corpo e chega até a consciência. 


Os efeitos de uma conduta assim podem então desencadear a um desajustamento emocional. Chegando assim a desordens mentais e doenças físicas. Não se pode esquecer que o corpo insiste em nos conscientizar a fim de entendermos que precisamos respeitar os sentimentos se desejamos tomar boas decisões. É preciso treinar a emoção para sermos seguros e lúcidos.


Devemos estar atentos aos sinais e reações emocionais no corpo. É um modo de estar alerta para o nosso estado emocional, que muitas vezes é ignorado.


Muitas vezes, principalmente no ambiente de trabalho, acabamos sendo minados por uma rotina exaustiva, por pressões, cobranças excessivas e falta de recursos para desempenhar o melhor que podemos oferecer. Às vezes nem percebemos a insatisfação, o sofrimento e os prejuízos que estas questões geram em nossa saúde emocional e física. Não podemos ignorar e nem permitir que o ambiente externo e pessoas tóxicas nos tirem o prazer de viver e a nosso bem-estar. 


É possível resgatar o prazer de viver, é possível treinar a emoção para ser jovem, desprendida (o), livre, feliz. Treine trazer a sua memória aquilo que lhe traz esperança, serenidade e encanto pela vida!

Eliete Freitas

Diretoria do Sindserv

<